terça-feira, novembro 04, 2008

Auto-definições

Sou o conteúdo
Que compensa a aparência
Sou o olhar
Que compensa os olhos simples

Sou os fragmentos de alma
Que completam as personalidades opostas
Sou o rio que corre
E as águas nunca são as mesmas

Sou a poesia infinita
De palavras soltas
Sou o embaralhar da voz
Da fala acelerada

Sou mutável e inconstância líquida
Sou controle e resistência sólida
Sou o muita coisa
Que implica em quase nada.


2 Fragmento(s):

Taian disse...

Me lembra a polivalência que escrevi tempo atras.

anderson_2005_100 disse...

Como definir uma pessoa em poucas palavras?como se auto definir em poucas palavras?Dificil.Mas há como se falar em poucas e belas palavras muito sobre si,sobre o que não se vê a primeira vista,o que requer uma atenção especial,um olhar diferente.As palavras podem ser nossas amigas,por vezes nos martirizam,por vezes nos ajudam a encontrar força para seguir.O que é uma folha em branco,senão um mar de infinitas possibilidades?

Postar um comentário

Fragmente-se e comente...

 

3/4 © 2008. Thanks to Blogger Templates | Design By: SkinCorner