domingo, novembro 30, 2008

Gota

Gota
Quando
eu sou o vento
Sei da chuva irmã minha
E quando eu sou eu mesmo
O vento é meu amigo e a chuva
É minha amiga, o céu escureceu
Por minha causa, ainda é tempo
De sentir saudade, vai chover
Eu clamo, chuvisca em gotas
Chove em gotas, uma gota
Se atreve a cair e cai
Molha o corpo
Adormece.

3 Fragmento(s):

Paula disse...

Sabe uma outra coisa que me encantou nesse post? A formatação do texto!

beijos

Sara Albuquerque disse...

Concordo, Paula. Rafiki arrasou! Muito lindo a formatação e cor que você deu ao texto.

Ainda há tempo de lembrar, quando chove... Enfim, adormeço.

Darlan Machado disse...

estas coisas meu caro, vão muito além de gotas e garoas...

Postar um comentário

Fragmente-se e comente...

 

3/4 © 2008. Thanks to Blogger Templates | Design By: SkinCorner