sexta-feira, setembro 11, 2009

Sobre vozes

Eu só ouço murmúrios, nada que me tire desse meu estado de letargia. As vozes são desinteressantes eu pouco me sinto curioso aqui.

A grama do vizinho brilha de tão verde, eu ainda converso com formigas, agora eu sou também uma formiga.

O perfume da rainha já não me hipnotiza, eu já não ouço as ordens. Eu só ouço murmúrios de desinteresse.

É como se eu afundasse aqui, perdido... o que eu ia dizer mesmo?
Esqueço as palavras, elas fogem de mim.

Eu só ouço murmúrios, os mesmo barulhos dissonantes de sempre. Será que essa música nunca para? E esses gritos, são meus? Depois de tanto tempo eu ainda não sei.

Alguma coisa me chama, mas não importa.

murmúrios...

0 Fragmento(s):

Postar um comentário

Fragmente-se e comente...

 

3/4 © 2008. Thanks to Blogger Templates | Design By: SkinCorner