sexta-feira, fevereiro 12, 2010

Considerações Curtas

Não, nada de muito especial. Nem mesmo nas invenções, essas se desmancham em pouco tempo. Meu julgamento é de juízo fútil. Minhas ações são disfarçadas, planejadas. Eu meço os meus atos, eu dissimulo. Melhoro cada vez mais em meu teatro. Nada é natural, nem sei se isso existe, eu tento fazer parecer natural para os outros.  No fim, eu sou simples, como qualquer outro.


Nenhum outro, contudo, é igual a mim...

7 Fragmento(s):

Katita disse...

Ás vezes o simples a nossos olhos, pode ser complexo a outrem.

willa Albuquerque disse...

"Meu julgamento é de juízo fútil."

Alguns são, mas muitos não! :3
Beijos

Fabrício disse...

Se brincar, mais um que se perdeu no meio de muitas máscaras que vê tendo que usar...

Adriany Thatcher disse...

nem todos têm girassois nos olhos. ou nascem como um azul em abuso de beleza.
mesmo assim a gente compartilha a poesia do encontro [ou da ida].
acho q, no fim, é só para isso q serve esse amontoado digital de papeizinhos poeirentos...

Adriany Thatcher disse...

ou não?

Gilgomex™ disse...

vontade de plagiar este texto... me vi inserido totalmente neste texto e seu contexto...

Carla disse...

E continuemos a disfarçar e planejar...

Postar um comentário

Fragmente-se e comente...

 

3/4 © 2008. Thanks to Blogger Templates | Design By: SkinCorner