quarta-feira, janeiro 01, 2014

Delírio

O calor projeta no teto os demônios da dança. Lá fora o carvão reclama do fogo e a cabeça estala. A fumaça dentro do quarto só piora a minha falta de ar, logo chegarão os risos para completar a minha sede. Os delírios definem o prato do jantar, pois já se foi meio dia. Ainda faltam 3, sete vidas fora de casa, mais um dia e o primeiro do ano mais novo de minha vida.

0 Fragmento(s):

Postar um comentário

Fragmente-se e comente...

 

3/4 © 2008. Thanks to Blogger Templates | Design By: SkinCorner